Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização.

Notícias

Iniciativa JESSICA já criou 177 postos de trabalho no Alentejo

 

12.01.2017

O Fundo JESSICA Portugal reuniu o seu Comité de Investimento, presidido pelo Presidente da Comissão Directiva do Alentejo 2020, Roberto Pereira Grilo, no dia 11 de Janeiro, na Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Alentejo. Nesta reunião, foi abordado o ponto de situação da execução dos FDU - Fundos de Desenvolvimento Urbano, e debatidas algumas questões de ordem técnica referentes ao Fundo JESSICA. Foi ainda analisado o Relatório Final do Estudo de Avaliação dos Impactos do Fundo JESSICA.

Na Região Alentejo, já foram financiados 25 projectos, com financiamento JESSICA total de 53 Milhões de euros, desde equipamentos culturais, sociais, turísticos e de energia, que criaram 177 postos de trabalho. Trata-se de projetos sustentáveis, enquadrados nas estratégias de desenvolvimento localmente desenhadas, criadores de riqueza.

A iniciativa JESSICA, desenvolvida pela Comissão Europeia em conjunto com o Banco Europeu de Investimento (BEI), tem comprovado a aceitação do financiamento da reabilitação urbana através de instrumentos de engenharia financeira - que desafiam os promotores de investimentos e as entidades financeiras gestoras de Fundos de Desenvolvimento Urbano a utilizar mecanismos reembolsáveis para viabilização de investimentos.

O Fundo JESSICA gere 132,5 Milhões de euros de fundos comunitários e nacionais, alavancados pelos Fundos de Desenvolvimento Urbano, para um montante total de financiamento disponível de mais de 300 milhões de euros.

Sob o lema de “O crescimento começa nas Cidades”, os fundos JESSICA já financiaram cerca de 215 milhões de euros em mais de 47 cidades portuguesas, alavancando um total de 430 milhões de euros em projetos sustentáveis.

 

 

Investimentos na Educação analisados

 

13.01.2017

O Secretário de Estado de Desenvolvimento e Coesão, Nelson de Souza, e a Secretária de Estado Adjunta e da Educação, Alexandra Leitão, reuniram no passado dia 12 de Janeiro, na CCDRA, com a Autoridade de Gestão do Alentejo 2020 e as CIM – Comunidades Intermunicipais da Região Alentejo.

Na reunião foram abordadas questões relacionadas com o Prioridade de Investimento 10.5 - Investimentos na educação, na formação e na formação profissional para a aquisição de competências e a aprendizagem ao longo da vida através do desenvolvimento das infraestruturas educativas e formativas.

Sessão de Apresentação da 3.ª Convocatória Interreg Europe

 

 

 

A Agência para o Desenvolvimento e Coesão, I.P., em articulação com a Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, irá promover uma Sessão de Apresentação da 3.ª Convocatória do Programa Interreg Europe, em Lisboa.

A sessão terá lugar no edifício C6, da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa no Campo Grande, dia 10 de fevereiro, a partir das 14h30, na sala 6.2.56.

A 3.ª Convocatória de Projetos do Programa Interreg Europe abre a 1 de março sendo que as Candidaturas poderão ser apresentadas até ao dia 30 de junho de 2017.

 

Publicitação de projectos da CCDRAlentejo

 

 

 

A CCDR Alentejo divulga que no decorrer de 2016 foram aprovados dois projetos no âmbito da Modernização e Capacitação da Administração Publica (SAMA2020). O objetivo destas candidaturas encontra-se diretamente relacionado com o objetivo do Eixo Prioritário 9- Capacitação Institucional e Modernização Administrativa do  Programa Operacional Regional do Alentejo - Alentejo 2020 .

 

 “IDE Alentejo- Inovação, Desenvolvimento e Eficácia”, com o objetivo de melhorar o acesso às tecnologias da informação e da comunicação, permitindo uma reorganização dos arquivos.

Este projeto é cofinanciado pelo FEDER com uma despesa elegível total de 248.801,00 € e Fundo total aprovado de 211. 481,00 €.

 

 

e

 

“Operações de Modernização da Administração Publica, cofinanciados pelo FSE enquadrados no nº2 do artº 83º do RECIcom o objetivo de implementar um Sistema de Gestão da Qualidade e a certificação da CCDRA pela Norma ISO 9001:2015.

Este projeto é cofinanciado pelo FSE com uma despesa elegível total de 41.820,00 € e Fundo total aprovado de 35.547,00 €.

 

 

 

O prazo de execução destes projetos é de 24 meses.

 

 

 

Ccofinanciado por:

Sessão de divulgação dos termos de referência da segunda convocatória do Programa INTERREG SUDOE V-B.

 

     

 

Convite - Sessão de divulgação da segunda convocatória do Programa SUDOE

 

No passado dia 15 de Dezembro realizou-se o lançamento oficial da segunda convocatória do Programa INTERREG SUDOE V-B, pelo que se entende ser pertinente a realização de uma sessão de divulgação para dar a conhecer os termos de referência da citada convocatória.

Neste contexto, a Agência para o Desenvolvimento e Coesão, enquanto Autoridade Nacional do Programa INTERREG SUDOE V-B, vai realizar uma sessão de divulgação no próximo dia 11 de Janeiro, das 14h00 às 18h00, no auditório da CCDR LVT (R. Alexandre Herculano, nº 37, Lisboa), com o seguinte programa.

 

14h00 – 14h30 – Registo de participantes

14h30 – 15h00 – Boas vindas

15h00 – 16h00 – Apresentação dos termos de referência da convocatória

16h00 – 16h15 – As diferenças entre a primeira e a segunda convocatória

16h15 – 16h30 – Como preparar corretamente uma candidatura

16h30 – 16h45 – Ferramentas para os potenciais beneficiários

16h45 – 18h00 – Perguntas e respostas

 

Por questões de logística só serão aceites 100 inscrições, pelo que as mesmas estão limitadas a 1 inscrição por entidade.

As inscrições devem ser efetuadas online até ao dia 6 de janeiro através deste link.

 

Questionário PNPOT: 24 Problemas do Ordenamento do Território

 

O Governo, através da Resolução do Conselho de Ministros (RCM) nº 44/2016, de 23 de agosto, decidiu proceder à alteração do Programa Nacional da Política de Ordenamento do Território (PNPOT). No quadro deste processo está em curso uma reflexão estratégica, a nível nacional e regional, alargada aos principais atores que intervêm, direta ou indiretamente, na gestão do território.

 

No PNPOT aprovado em 2007, foram identificados 24 grandes problemas no Ordenamento do Território, organizados em seis domínios:

- Recursos naturais e gestão de riscos;

- Desenvolvimento urbano e rural;

- Transportes, energia e alterações climáticas;

- Competitividade dos territórios;

- Infraestruturas e serviços coletivos;

- Cultura cívica, planeamento e gestão territorial.

 

Neste momento de reflexão estratégica é fundamental reavaliar os problemas e ponderar os desafios em matéria de Ordenamento do Território

 

Para esta reflexão contamos com a participação e contributo de todos.

Participe respondendo a este questionário (15 minutos).

 

Solicitamos a sua participação e a divulgação deste e-mail/questionário pela sua organização.

No caso de ter respondido já a este questionário, não é necessário voltar a responder.

Boletim n.º 22, Alentejo Hoje - Políticas Públicas e Desenvolvimento Regional

Boletim n.º 22, Alentejo Hoje - Políticas Públicas e Desenvolvimento Regional

Com a edição do nº 22 do Boletim Trimestral - "Alentejo Hoje - Políticas Públicas e Desenvolvimento Regional", damos continuidade à divulgação de informação em temáticas relevantes e oportunas para a reflexão, a prospectiva e a avaliação do desenvolvimento da Região e dos instrumentos de politica publica que o concretizam, contribuindo também assim para o enriquecimento do debate sobre o nosso futuro colectivo.

Neste número, são abordados os seguintes temas:

 

Conjuntura Regional

Temas em Destaque

  • Índice Sintético de Desenvolvimento Regional 2014

  • Acerca da importância do primeiro quadrante da MIO-Alentejo

  • Aplicação de Fundos Comunitários na Região Alentejo

Perspectiva 2020

  • NERE - AE, Núcleo Empresarial da Região de Évora - Associação Empresarial JUNTOS FAZEMOS MELHOR

Poderá consultar a edição on-line do Boletim clicando na imagem acima, ou descarregando a versão em PDF através do link:  Boletim Trimestral 22 - "Alentejo Hoje -  Políticas Públicas e Desenvolvimento Regional"

Subcategorias